União de Sindicatos do Porto

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Desemprego Julho 2010

O desemprego registado pelo IEFP no distrito do Porto aumenta quase 9% face a Julho de 2009
Desempregados registados há mais de um ano aumentam mais de 35% face a Julho de 2009
Desemprego registado aumenta no distrito do Porto e na região Norte face a Junho
Desempregados registados há mais de um ano no distrito do Porto aumentam mais de 2% face a Junho

 

De acordo com os últimos dados do IEFP, referentes a Julho de 2010, o desemprego registado no distrito do Porto atingia 132.016 pessoas, ou seja, mais 10.484 pessoas face a Julho de 2009 (um aumento de 8,6%). O que significa que num ano, o número de desempregados registados aumentou a um ritmo de 29 por dia (1 por hora). O aumento percentual do desemprego registado no distrito do Porto foi inferior ao verificado na região Norte (8,9%) e no Continente (10%). Encontravam-se no distrito do Porto 54,4% dos desempregados registados da região Norte (25% do Continente). O aumento do desemprego registado atingiu todos os concelhos que compõem o distrito do Porto, com excepção do concelho de Felgueiras. Os maiores aumentos percentuais do desemprego registaram-se nos concelhos do Marco de Canaveses (17,7%) e de Paços de Ferreira (13,9%). As maiores variações em volume verificaram-se nos concelhos de Vila Nova de Gaia (mais 3.095 desempregados) e Porto (mais 982). Os desempregados registados no distrito há mais de um ano, em Julho de 2010, ascendiam a 64.819 pessoas, ou seja, mais 16.860 pessoas face a Julho de 2009 (um aumento de 35,2%). Os desempregados registados há mais de um ano representavam 49,1% do total de desempregados registados no distrito, ou seja, o seu peso aumentou quase 10 pontos percentuais face a Julho de 2009 (39,5%). Este é um indicador do aumento do desemprego de longa duração. Em relação a Junho, o desemprego registado aumentou 0,7%, ou seja, mais 922 pessoas. Este aumento foi superior ao verificado para a região Norte (0,6%) e do Continente, que registou, ao contrário, uma redução de 0,7% no desemprego registado. A região Norte foi a única região com um aumento do desemprego registado. Este aumento no distrito do Porto e na região Norte contraria assim a sazonalidade habitual nesta altura do ano. O desemprego registado aumentou em 13 dos 18 concelhos do distrito do Porto. O maior aumento percentual do desemprego verificou-se no concelho da Paços de Ferreira (3,1%). O maior aumento em volume verificou-se no concelho de Valongo (mais 209 desempregados). A maior diminuição no desemprego registado verificou-se no concelho de Penafiel (-1,9%, menos 76 pessoas). Face a Junho, o número de desempregados registados há mais de um ano no distrito aumentou 2,1%, ou seja, mais 1.359 pessoas. Quem está registado à mais tempo tende a permanecer à procura de emprego, o que é um indicador do aumento estrutural do desemprego.

 

Desemprego Registado pelo IEFP

Porto, 17 de Setembro de 2010

Gabinete Técnico da União dos Sindicatos do Porto/CGTP-IN