União de Sindicatos do Porto

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Desemprego no distrito do Porto

  • Desemprego no distrito do Porto sobe 1,4%
  • Desemprego de longa duração aumenta 24,1%
  • IEFP elimina 9.520 desempregados dos seus ficheiros

De acordo com os dados IEFP, relativos a Dezembro de 2010, o desemprego no distrito do Porto atingiu 126.472 pessoas, mais 1.779 que em Dezembro de 2009 (um aumento de 1,4%), significando um aumento diário de 5 desempregados durante todo o ano de 2010. No distrito do Porto encontravam-se 54% dos desempregados da Região Norte que, por sua vez detinha 24,3% dos desempregados do Continente.

O aumento do desemprego durante o último ano atingiu 10 dos 18 concelhos do distrito, sendo que os maiores aumentos percentuais verificaram-se em Amarante (+9,2%), Vila Nova de Gaia (+7,6%) e Marco de Canaveses (+7,1%), e os maiores aumentos em volume verificaram-se em Vila Nova Gaia (+1.965 desempregados) e Gondomar (+537). Pelo contrário, a maior redução percentual do desemprego aconteceu em Felgueiras (-12,5%) e em volume foi em Vila do Conde (-532 desempregados).

Relativamente ao desemprego de longa duração, em Dezembro ascendia a 66.017, mais 12.837 desempregados que em Dezembro de 2009, correspondendo a um aumento anual de 24,1%. Há um ano atrás, os desempregados de longa duração representavam 42,6% do total dos desempregados do distrito, tendo subido para 52,2% em Dezembro último, quase mais 10 pontos percentuais.

Relativamente ao mês anterior (Nov./2010) o desemprego registado no distrito baixou 1,7%, menos 2.205 desempregados, diminuição verificada em todos os concelhos do distrito, à excepção de Lousada e Penafiel. A maior diminuição percentual aconteceu em Vila do Conde (-5,8%) e em volume foi no Porto (-482).

Contudo, é preciso considerar o aumento do número de ocupados a nível nacional (+4,4%), que também se reflectirá no nosso distrito, e a “limpeza” que continua dos ficheiros do IEFP.

Durante o mês de Dezembro de 2010, inscreveram-se 7.720 desempregados a que se adicionam os desempregados registados no final de Novembro, 128.677. Como foram colocados 405 desses desempregados, no final de Dezembro de 2010 o desemprego registado deveria ser 135.992 e não os 126.472 divulgados pelo IEFP, pelo que foram eliminados dos ficheiros dos Centros de Emprego do distrito do Porto 9.520 desempregados.

Mais informações na página www.usporto.pt

 

Porto, 27 de Janeiro de 2011

A Direcção da União dos Sindicatos do Porto/CGTP-IN